quarta-feira, 8 de maio de 2013

Por que ler Jane Austen



"É uma verdade universalmente conhecida que um homem ou uma mulher, possuidor(a) de um amor imenso pela leitura, deve um dia ler Jane Austen."

Esta foi apenas uma brincadeira com um dos mais famosos parágrafos iniciais da Literatura Inglesa, o início do livro "Orgulho e Preconceito" de Jane Austen. ("É uma verdade universalmente conhecida que um homem solteiro, possuidor de uma boa fortuna, deve estar necessitado de uma esposa" - tradução de Lucio Cardoso - Clássicos da Editora Abril). 

Mas por que ler Jane Austen?

Antes de responder a essa pergunta, gostaria de me apresentar. Não possuo vlog, como a maioria das garotas super poderosas com quem divido esse blog, por isso, muitos ainda não me conhecem. Meu nome é Lia moro há dois anos nos Estados Unidos, sou bióloga por profissão e atualmente mãe em período integral. Não sou professora como as meninas, mas cursei Letras por um ano e meio antes de me mudar. Tenho um blog - Quero morar em uma livraria - que está um tanto quanto abandonado; pretendo reativá-lo em breve. Tenho em comum com as meninas o imenso amor por livros e pela leitura e, graças a elas, pude sair da minha zona de conforto literário e conhecer escritores(as) maravilhosos(as) como Mia Couto, José Eduardo Agualusa, Rosa Montero, Neil Gaiman, Charles Dickens e muito mais...

Mudando de assunto… quem foi Jane Austen?

Retrato a óleo de Jane Austen feito em 1875, de autor desconhecido, baseado na aquarela feita pela irmã Cassandra em 1810


Jane Austen nasceu em 1775, em Steventon, Hampshire, Inglaterra, filha de George Austen, reitor e professor,  e de Cassandra Leigh Austen. A família era formada por oito irmãos, sendo Jane e sua irmã mais velha, Cassandra, as únicas mulheres. Cassandra e Jane eram confidentes e muito unidas. Embora as duas irmãs tenham sido enviadas para três diferentes escolas quando crianças, receberam a maior parte da educação em casa, na escola dirigida por seu pai. Viveu na época da Regência (compreende o período da regência de Jorge IV como Príncipe de Gales durante a enfermidade de seu pai Jorge III e e uma ponte entre o período Georgiano e Vitoriano), porém sua obra caracteriza-se por descrever com mais precisão a sociedade rural georgiana e não tanto as mudanças sofridas com a chegada da modernidade.

Embora não tenha publicado até a idade de 36 anos, Jane Austen teve dois períodos de intensa produção literária, primeiro da adolescência  aos 20 anos e depois, durante sua última década de vida. Sua obra é composta por 6 romances completos: Sense and Sensibility (1811), Pride and Prejudice (1813), Mansfield Park (1814), Emma (1816), Persuasion (1818) e Northanger Abbey (1818); 2 romances incompletos: Sandition e  The Watson, uma obra curta - Lady Susan; obras conhecidas como juvenilia:  The Three Sisters, Love and Freindship, The History of England, Catharine e The Beautiful Cassandra, além de vários poemas e cartas. Morreu em 1817 com 42 anos.

Agora, as minhas opiniões sobre por que devemos ler Jane Austen:

1) Jane Austen é considerada uma das maiores escritoras da língua inglesa. Em uma pesquisa realizada pela BBC de Londres em 2003, a obra "Orgulho e Preconceito" foi eleita como o livro mais amado pelos leitores do Reino Unido (e o meu preferido também!);

2) Por sua narrativa satírica e sutil ironia: satirizou não apenas a tradição feminina na literatura, mas também seus efeitos no crescimento e desenvolvimento na imaginação feminina; focando tanto no romance sentimental como na forma epistolar do romance gótico, Austen criticou comicamente a supervalorização do amor, a falta de educação (ensino) da mulher, os subterfúgios do mercado de casamento, a rivalidade entre mulheres pela aprovação masculina e o culto feminino pela fraqueza e dependência. Ninguém escapava de sua sátira: o clero, a orgulhosa aristocracia,  nouveau riche e as garotas que se iludiam pensando serem mestres do seu destino. 

3) Pelo humor presente na maioria das obras: mesmo a pessoa mais mal humorada vai conseguir dar boas gargalhadas lendo Jane Austen. Tem como não se divertir com o falatório da Sra. Bennet ou da Sta. Bates? E o Sr. Woodhouse, com sua rabugice?

4) Pelo retrato fiel da sociedade em que vivia: descreve com maestria em seus romances a incapacidade de mobilidade social, os preconceitos que permeavam as relações entre classes sociais da época e a luta das mulheres para casar-se. Suas obras expressam seu descontentamento com a sociedade em que vivia através de criticas sagazes e personagens caricatos;

5) Pelos personagens bem construídos: os personagens dos livros de Jane Austen são tão bem criados que parecem saltar das páginas…seus vívidos retratos podem ser usados para resumir tudo o que queremos dizer de uma pessoa. Nós não vemos apenas nossos amigos, amantes e conhecidos nos seus romances, mas também nós mesmos. Seus heróis e heroínas atraem identificação;

6) Outros escritores possuem admiradores; Austen tem fãs, sociedades e mesmo um "culto" nomeado pelo escritor Rudyard Kipling como "Janeites". Livros normais são lidos; os de Austen são devorados, digeridos e reinterpretados;

7) Seus romances resultaram em inúmeras adaptações para o cinema, TV, teatro, sem contar as continuações e paródias, como a mais recente 50 Tons do Sr. Darcy (socorro!);

8) Quem lê e gosta de Jane Austen está bem acompanhado; escritores que já declararam sua admiração pela obra de Austen: Sir Walter Scott, Virginia Woolf, C.S. Lewis, J.K.Rowling, E.M. Foster, A. S. Byatt, Alain de Botton, W. Somerst Maugham, Martin Amis, Harold Bloom...

9) É possível ler tudo o que ela escreveu: são apenas 6 livros, se formos contar apenas os romances completos. E reler Jane Austen é prazer redobrado!

10) Para ter um momento de descanso nessa correria do mundo atual: relaxe acompanhando as irmãs Bennet em uma caminhada no campo ou divirta-se com Emma e sua turma em um piquenique em Box Hill.

Agora sente-se em sua poltrona favorita com uma deliciosa xícara de chá e mergulhe no mundo de Jane Austen. Eu garanto que não irá se arrepender...





Minha biblioteca Jane Austen







"Nós lemos Jane Austen porque ela parece nos conhecer melhor do que nós mesmos e nos ajuda a descobrir quem somos como leitores e como seres humanos." Harold Bloom


"Por que lemos Jane Austen? É mais do que apenas procurar uma boa leitura ou ser parte de um mundo perfeito. Nós desejamos ser as heroínas de Jane Austen em nossas próprias vidas, lidando com tudo - especialmente homens - com a sofisticação e competência que  admiramos em personagens como Elizabeth Bennet. As mulheres vêem algo em Jane Austen que está em falta nos relacionamentos modernos e  não deixamos de imaginar se há um meio de ter o que vemos nos livros, sem voltar a época dos vestidos império e das carruagens puxadas por cavalos." Elizabeth Kantor

14 comentários:

  1. Lia não entenfo pq vc acha sua escrita ruim! Seus posts no 365 eram um dos meus favoritos de tão bem feitos. Continue sim a fazer resenhas, escrever sobre escritores, etc.

    Feliz retorno!

    Heloisa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Heloisa! Nao acho ruim nao...eh que sofro demais para escrever! Obrigada pelo elogio e pelo comentario! Vou tentar escrever mais! Bjs

      Excluir
  2. Tem mulheres que enlouquecem em lojas de sapatos. Eu perco a cabeça em livrarias. Mesmo assim, tive uma certa dificuldade em ler Jane Austen. Talvez pelo estilo arcaico. Você me animou a tentar de novo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Insista! Vc vai ver que vai valer a pena! Bjs

      Excluir
  3. gENTE ESTOU MORRENDO DE INVEJA DA SUA BIBLIOTECA DA jANE AUSTEN. TEM ATÉ BONEQUINHA E CANECA DA JANE! EU TB JÁ PARAFRASEEI ESSA FRASE DA JANE. ACHO SIMPLESMENTE SENSACIONAL, QUERO SER ELA QUANDO CRESCER.

    ResponderExcluir
  4. Post perfeito, vou sair por ai espalhando entre os meus amigos que podem vim a ser potenciais auterianos um dia quem sabe!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo! Quem sabe nao desperta a curiosidade e mais gente se torna fa dessa escritora maravilhosa? Bjs

      Excluir
  5. Eu não sei onde estava com a cabeça, mas eu tinha uma certa resistência. Pra pegar Orgulho e Preconceito, pedi primeiro que uma amiga, apaixonada pelo livro, me convencesse. É muito, muito melhor do que eu esperava! É um novelão de primeira categoria!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aline..ainda bem que deixou o preconceito de lado e leu Jane Austen! Bjs

      Excluir
  6. Saudade dos teus textos e das tuas coisinhas literárias (leia-se os mimos que enfeitam e tornam mais poético seu lar, hehe)... Beijãooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou de volta! Logo mostrarei mais mimos! rs..bjs

      Excluir
  7. Olha, confesso que ao mesmo tempo que parte meu coração não conseguir lê-la em inglês, eu sou eternamente grata pois senão eu iria a falência. hehehe
    Muito linda suas imagens e gostei bastante do post

    ResponderExcluir
  8. Oi, Lia! Muito legal esse post!
    Eu comprei ontem aquele livro da Barnes & Noble que vi ali na sua coleção e não vejo a hora de recebê-lo! hehehe É uma edição linda, né? Cheguei aqui pelo blog da Patricia Pirota e gostei muito...Já me inscrevi! =D

    bjs,
    Carla
    http://linhas--soltas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Adoro ler comentários...na medida do possível, responderei aqui mesmo