segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Mil Dias em Veneza - Marlena de Blasi

Sinopse: "Este livro pode parecer um conto de fadas, mas é uma história de amor verídica – o amor entre uma mulher e um homem, o amor pela comida e o amor por uma cidade. Por muito tempo, Marlena de Blasi resistiu a ir a Veneza. Até que, em 1989, seu trabalho como chef e crítica gastronômica tornou impossível continuar adiando a viagem. Assim que pôs os pés na cidade, ela ficou completamente seduzida. Seu encantamento foi tão grande que decidiu voltar todos os anos.

Desde aquela primeira visita, Marlena sempre tinha a sensação de que estava indo a um encontro. Em 1993, o encontro finalmente aconteceu. Ela almoçava com amigos quando um garçom se aproximou e lhe disse que havia uma ligação para ela. Do outro lado da linha estava Fernando, um veneziano que, um ano antes, vira Marlena passeando pela Piazza San Marco e se apaixonara à primeira vista. Alguns meses depois, Marlena largava toda a sua vida nos Estados Unidos e se mudava para Veneza, para se casar com o “estranho”, como costumava chamar Fernando. Ele não falava quase nada de inglês. O italiano dela se resumia a algumas palavras relacionadas a comida. Ele abrira mão de seus sonhos e levava uma vida monótona e previsível. Ela era mestre em recomeçar e se reinventar. Ele gostava de tudo muito simples, inclusive as refeições. Ela adorava cozinhar pratos elaborados.

À medida que eles superam essas diferenças e Marlena vai se familiarizando com as peculiaridades da cultura veneziana, os leitores são presenteados com uma descrição deliciosa e às vezes cômica de duas pessoas de meia-idade que, apesar de tudo, conseguem criar uma relação maravilhosa. Em Mil dias em Veneza, Marlena evoca vividamente as imagens, os sons e os aromas de uma das cidades mais românticas do mundo e divide com os leitores as receitas que estiveram presentes em alguns dos momentos mais importantes de sua vida." (Fonte: Skoob)

Marlena e Fernando
Lindo, lindo, lindo!! Duvido que exista alguém que não se encante com esse livro...Marlena de Blasi descreve sua história de um modo tão poético e vívido que eu até conseguia me imaginar andando por Veneza e provando aquelas comidas maravilhosas que ela preparava para seu amor Fernando...

Todo o tempo que eu lia o livro, ficava pensando na coragem que ela teve ao abandonar sua vida, emprego, família, para casar com uma pessoa que ela mal conhecia...trocar de país, de língua, de cultura....nossa, põe coragem nisso! E o mais legal do livro é que ela conta tudo, não só as partes boas e felizes, ou seja, todas as dificuldades que passou ao assumir essa paixão, nem tudo foi um mar de rosas... Falando sério, algumas vezes eu tive vontade de esganar esse "estranho", como ela chama Fernando...cara turrão....rs. Fico pensando porque, na maioria das vezes, são as mulheres que abdicam de sua vida para seguir um amor...muito raro um homem fazer isso, não??

Mais para o final do livro, eu me reconcilio com o estranho, por ele ter feito algumas mudanças em sua vida que eu não vou contar para não estragar a história...Gostei tanto do livro, que ja engatei a leitura da sequência, "Mil dias na Toscana"...e haja boca salivando de vontade de comer aquelas comidas maravilhosas...rs...E preciso  comprar "Um certo verão na Sicília"!



10 comentários:

  1. Oi Lia!

    Que lindo, mas fiquei pensando no que você disse sobre ela ter que largar tudo, não sei se faria isso, mas claro que Veneza é um sonho.

    Bjus

    ResponderExcluir
  2. Oi, Claudia
    Eu já larguei tudo duas vezes, mas foi para seguir meu marido e não alguém que tinha acabado de conhecer, como ela...então acho que foi loucura mesmo, mesmo indo para Veneza..rs...bjs

    ResponderExcluir
  3. Está é uma bela história de amor, muito boa!!!
    Acredito que eu não faria uma mudança dessas,pois eu sou muito realista, pouco romântica. Acredito nas coisas concretas. Mas que é lindo, emocionante, claro que é.
    Bju

    ResponderExcluir
  4. É mesmo, Mônica, muito bonita e romântica...bjs

    ResponderExcluir
  5. Acredita que eu não consegui ler esse livro? Me deu um tédio kkk tentei duas vezes mas não consegui .-.

    ResponderExcluir
  6. Ah, achei tão lindo esse livro...rs
    Mas gosto é gosto, né?bjs

    ResponderExcluir
  7. Nusss, estes dias eu fui à livraria e fiquei bem interessada neste livro, não só pelo título que me chamou atenção, mas pela história que me pareceu muito interessante.

    Sim, na maioria das vezes as mulheres são obrigadas a abdicar de sua vida... Não sei se é porque elas se entregam mais... ou porque elas não tenho medo e têm coragem de mudar. Não dá pra generalizar, né?

    ResponderExcluir
  8. É verdade, Lyra... Não se pode generalizar mesmo; cada caso é um caso...leia o livro; é muito bonito! Bjs

    ResponderExcluir

Adoro ler comentários...na medida do possível, responderei aqui mesmo