segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Desafio Literario: Fevereiro - Grace - Robert Lacey (Livro 3)



Tema: Biografia

Mes: Fevereiro


Um pouco sobre mim:

Eu sou: Lia

Moro em: Portage - Michigan - EUA

Na net, voce me encontra: no blog Quero Morar em uma Livraria  .

Neste mes eu li:

Titulo: Grace

Autor: Robert Lacey

Editora: Nova Fronteira

Numero de paginas: 356

O livro eh sobre: a vida da atriz e depois Princesa de Monaco, Grace Kelly. Esta eh uma biografia nao autorizada que narra a vida de Grace Kelly desde seu nascimento, infancia, inicio da carreira de atriz, revela seus casos (Clark Gable, Jean Pierre-Aumont, Ray Milland, William Holden, Oleg Cassini e mocos anonimos que a aliviaram do tedio da vida no palacio), a importancia que Alfred Hitchcock teve em sua curta carreira no cinema, o casamento de princesa e o final tragico em uma estrada em Monaco.

Grace Patricia Kelly foi predestinada a viver um conto de fadas. Nascida no dia 12 de novembro de 1929, na Filadélfia,  cresceu no meio de uma família rica e cheia de prestigio na cidade de Filadelfia, Pensilvania; seu pai, Jack Kelly era dono de uma empresa de construção e fez fortuna ao conseguir contratos com o governo dos EUA. Jack Kelly foi campeão olímpico no remo e sua mãe, Ma Kelly, uma das poucas mulheres de sua época a cursar faculdade. Os Kelly sempre foram muito cobrados e Grace, que possuía uma personalidade submissa e cheia da necessidade de agradar e, principalmente, ser amada, foi um dos membros da família a ser mais suscetíveis a esse tipo de pressão e cobrança.


Essa biografia tambem investiga a infancia e juventude de Grace no meio de uma familia catolica tradicional que resultara em um embate desse catolicismo formal da atriz com uma sensualidade explosiva e nao reprimida; nada a ver com a imagem de "loura gelida" cuidadosamente esculpida pelo genial Hitchcock, o diretor que disse que embaixo de tanta neve existia um vulcao.

Mostra tambem que Grace tentou a vida toda esconder seu passado de relacionamentos com homens casados e foi justamente sua mae que mais a decepcionou, dando uma entrevista antes de seu casamento com o Principe Rainier expondo toda sua vida amorosa.

Seu casamento com o Principe Rainier foi um pouco precipitado, visto que se encontraram apenas duas vezes antes da cerimonia, havendo uma intensa troca de cartas nesse periodo. Com o tempo, Grace pode conhecer o verdadeiro Principe Rainier, que era extremamente grosseiro com ela, negligenciando-a e proibindo-a de continuar sua carreira no cinema.

Eu escolhi este livro porque: gosto muito de cinema e apesar de nunca ter assistido nenhum filme de Grace Kelly (pretendo remediar esse erro), sempre tive interesse em conhecer a historia de sua vida...sem falar que adoro um conto de fadas....rs..(infelizmente, na vida real, poucos tem o "felizes para sempre").

O que mais me chamou atencao na capa foi:  a beleza de Grace; lindissima a foto. Grace gostou tanto das fotos feitas por Howell Connat em uma praia do Caribe que ele acabou se tornando o fotografo escolhido por ela sempre que tinha que fazer alguma sessao de fotos.

A leitura foi: deliciosa. O autor fez um maravilhoso trabalho de pesquisa, detalhando cada fase da vida da atriz. No livro tambem ha fotos muito bonitas.

As "personagens" que eu gostaria de ter "dado uns tapas" sao: as Princesas Caroline e Stephanie; que eram insuportaveis quando criancas...rs..mimadas e com muito dinheiro, tinham o que queriam...a Princesa Caroline ganhou um vestido desenhado por Givenchy quando tinha apenas quatro anos. E Stephanie foi rebelde principalmente na adolescencia; um dos boatos que sairam na epoca do acidente era que sua mae se acidentou porque estava tendo uma briga com ela dentro do carro.


Trecho que mais gostei:

“A face pública de Grace foi sua criação suprema, e sua maior virtude, num mundo muitas vezes falso e artificial, a de realmente ter se esforçado para parecer tão boa quanto parecia. Foi um ser humano falível, mas estava sempre pronta para aprender através de seus erros, fazendo mudanças reais em sua vida, à medida que começava a perceber o vazio e o custo do sonho que foi programada para perseguir. Manter para o público a imagem ilusória de felicidade junto a um homem que muitas vezes só lhe trazia desgosto fora a maior de suas performances, e ela desempenhou esse papel até o fim porque fizera um juramento – e também porque sabia que a felicidade em geral é complicada, e raras vezes satisfaz todos os desejos que uma pessoa pode ter. Grace Kelly, a princesa Grace de Mônaco, era autêntica. Sua beleza física refletia suas maiores qualidades, não era uma camuflagem. Teve sorte com a aparência, mas levou uma vida à altura de sua beleza física”. (Robert Lacey, “Grace”, pág. 336)



A nota que dou para o livro: 4
( 1- Não gostei 2- Gostei pouco; 3- Gostei; 4- Gostei bastante; 5- Adorei)


Boletim jornalístico produzido pela Warner sobre a trajetória de Grace de atriz de Hollywood até Princesa de Mônaco:





Curiosidade: a famosa bolsa Kelly da grife francesa Hermes tem esse nome por causa da princesa. Em 1956, Grace estava no inicio da gravidez e em uma visita aos Estados Unidos, tentou esconder sua barriga colocando a bolsa na frente do seu corpo. Uma bolsa Kelly de crocodilo custa  a bagatela de 14.900 euros!!



6 comentários:

  1. Como a realeza exerce um fascínio em nós, né? Mulher belíssima a Grace Kelly. =D

    Beijocas

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia essa biografia e gosto muito de Grace como atriz, principalmente em Janela Indiscreta. Certamente vou ler.
    abs
    Jussara

    ResponderExcluir
  3. Grace Kelly era realmente uma mulher fascinante. Bela escolha sua. Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Linda mesmo, ne, Vivi? Chiquerrima..bjs

    Oi, Jussara
    Esse livro eh muito bom para quem admira o trabalho de Grace Kelly como atriz...obrigada pela visita! Bjs

    Oi, Cecilia
    Era mesmo...obrigada, bjs

    ResponderExcluir
  5. OLÁ
    ADOREI SEU BLOG E ESTOU SEGUINDO.
    ME SEGUE:
    WWW.AMORIMORTALL.BLOGSPOT.COM
    BEIJOS

    ResponderExcluir
  6. Lia, adorei o post!!! Quero ler o livro!!!! Beijos

    ResponderExcluir

Adoro ler comentários...na medida do possível, responderei aqui mesmo