sábado, 31 de julho de 2010

Desafio Literário: Memórias de uma Gueixa - Arthur Golden

Tema: Livro adaptado para o cinema
Mês: Julho
Livro: Memórias de uma Gueixa (Memoirs of a Geisha)
Autor: Arthur Golden
Editora: Imago
Número de páginas: 457 páginas

Sinopse:  O livro tem  início numa vila pobre de pescadores, em 1929, onde uma menina de nove anos é tirada de casa e vendida como escrava. Pouco a pouco, vamos acompanhar sua transformação pelas artes da dança e da música, do vestuário e da maquilagem; e a educação para detalhes como a maneira de servir saquê revelando apenas um ponto do lado interno do pulso - armas e mais armas para as batalhas pela atenção dos homens. Mas a Segunda Guerra Mundial força o fechamento das casas de gueixas e Sayuri vê-se forçada a se reinventar em outros termos, em outras paisagens.

O livro é sobre:  as confissões de uma das gueixas mais renomadas do Japão, um  romance fascinante, para ser lido de várias maneiras: como um mergulho na tradicional cultura japonesa, ou um romance sobre a sexualidade, e ainda, como uma descrição minuciosa da alma de uma mulher já apresentada por um homem.

Eu escolhi este livro porque: lembro-me que assisti ao filme muito tempo atrás e achei muito bonito; achei que o livro que o originou seria igualmente belo.

A leitura foi: nada fácil. Comecei a ler no meio do mês e acabei abandonando-o, pois tinha certeza que não conseguiria acabá-lo até o final do desafio; então li o livro reserva. Pensei que seria a primeira vez, desde o início do desafio, que eu não leria o livro escolhido. Mas ontem decidi terminar o livro, mesmo que passasse o dia todo lendo. Felizmente, uma amiga da minha filha veio passar a tarde em casa, elas ficaram jogando Wii e eu consegui terminar o livro. Ufa!!

A história é muito bonita, toda a descrição sobre costumes no Japão e etc...mas acho que são descrições demais, acaba cansando um pouco. São tantas frases poéticas, tantas metáforas...muito além do necessário. E leva mais da metade do livro para a heroína se tornar uma gueixa do sucesso. A partir desse ponto, tudo torna-se menos cansativo e mais interessante.

Muita coisa na história pode nos chocar; é um mundo onde as aparências são mais importantes do que tudo, onde se pode leiloar a virgindade de uma criança, onde as mulheres são treinadas para enfeitiçar os homens mais poderosos e o amor não tem valor algum.

Para nós, ocidentais, é muito difícil entender essas tradições. Tem um trecho muito interessante do livro em que Sayuri  conta que quando mudou para os Estados Unidos, entendeu que o que a palavra "gueixa" significa para a maioria dos ocidentais ("prostituta"). Ela diz que percebeu um tratamento diferente em  festas elegantes, quando era apresentada a jovens com vestidos magníficos e jóias e estas descobriam que ela havia sido uma gueixa. Seu pensamento é: "Bem, muitas vezes imagino por que ela não percebe quanto realmente temos em comum. Ela é uma mulher sustentada, você entende, e antigamente eu também fui." É realmente um outro modo de ver as coisas...

Sobre o autor: Arthur Golden (Chattanooga, Tennessee, 1956) é um escritor norte-americano que formou-se em Harvard em 1978 em História de Arte, especializando-se em arte japonesa. Em 1980 fez um mestrado em Artes (M.A.) dedicado à História japonesa, na Universidade de Columbia, onde também aprendeu mandarim. Depois de um Verão na Universidade de Pequim, foi trabalhar para uma revista em Tóquio. Em 1988 fez um M.A. sobre Inglês na Universidade de Boston.Viveu e trabalhou no Japão, e desde essa altura tem ensinado escrita criativa e literatura na área de Boston. Vive em Brookline, Massachusetts, com a mulher e os filhos.
 
O livro foi adaptado para o cinema em 2005, com um elenco que causou muita polêmica no Japão; Afirmando que não existem atrizes japonesas com bom inglês no mercado, o diretor  Rob Marshall escalou duas chinesas (Zhang e Li) e uma malaia (Yeoh) para interpretar suas gueixas.

Trailler:



14 comentários:

  1. Oi, Rodrigo
    Não, é ficção..é que o autor escreve como se fosse uma personagem real, mas ela foi inspirada em muitas gueixas que realmente existiram.

    ResponderExcluir
  2. Sério que vc achou cansativo? Nossa, gosto é mesmo um negócio mto pessoal, rs... eu amei esse livro do começo ao fim, está entre os meus favoritos. Gosto dele e do filme igualmente :)

    Sua resenha ficou ótima! ;)

    Bjos!

    ResponderExcluir
  3. Olá, descobri seu blog há alguns dias, e desde então venho sempre dar uma olhada. Decidi comentar hoje porque já li esse livro e adorei.Achei muito interessante conhecer esse universo totalmente diferente do que nos ocidentais estamos acostumadas. Seu blog é uma graça, abraços!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Fernanda
    Pois é...rs...acho que tive que ler muito rapidamente. Se fosse ler com mais tempo, talvez aproveitaria melhor...bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi, Elizabeth
    Muito obrigada pela visita e pelos elogios ao blog...
    Tb achei muito interessante conhecer mais sobre esse universo..bjs

    ResponderExcluir
  6. Oiê, Lia! Parece-me uma bela história. Também quero ler, especialmente, para aumentar o parco conhecimento que possuo do mundo oriental.

    Excelente participação. Fico feliz que tenha conseguido cumprir sua meta de ler dois livros a cada tema do desafio. Parabéns!

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Eu comecei a ver o filme na TV, mas como estava passando tarde, acabei indo dormir, mas estava gostando.
    Parece que o livro tbém é bom. Apesar de algumas pessoas não gostarem muito de descrições, eu gosto. (tbém depende muito como o autor descreve)
    Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  8. Ei Lia,

    Eu vi o filme e gostei muito, o livro eu comprei mais ainda não li, está na fila. Tbm acho que não vai ser uma leitura fácil pra mim, além de detalhista pelo filme ja da pra saber que é tão triste.

    bjo

    ResponderExcluir
  9. oo eu me apaixonei pelo filme, e sempre vejo otimos comentarios a respeito do livro.
    Apesar de vc não ter gostado muito eu sou fã de descrições XD.

    ResponderExcluir
  10. Oi, Vivi
    Quase não consegui ler os dois dessa vez..foi por um triz...bjs

    Oi, Patota
    Pelo que eu lembro, o filme é muito bonito.

    Oi, Gongas
    Obrigada!

    Oi, Nanda
    É triste sim, mas muito belo..bjs

    Oi, Kezia
    Como já disse anteriormente, acho que foi pela pressa de ler...é um livro para ser lido beeemm devagar...rs...bjs

    ResponderExcluir
  11. Adoro o universo das Gueixas!! Só que nunca li o livro. Até hoje não me perdôo por não ter lido. Enfim, vou por na minha lista.

    ResponderExcluir
  12. Oi, Luciana
    Se vc curte as gueixas, vai adorar esse livro..bjs

    ResponderExcluir

Adoro ler comentários...na medida do possível, responderei aqui mesmo