quarta-feira, 9 de junho de 2010

No Mundo dos Livros - José Mindlin


Sinopse:

"Sempre que, no Brasil, se fala em grandes amantes dos livros, responsáveis pela manutenção da memória da edição no país, José Mindlin é o primeiro nome a ser lembrado. E essa reverência tem fortes motivos. Dono de um acervo de aproximadamente 38 mil obras, formado ao longo de uma vida de paixão por livros, Mindlin não é um simples colecionador. Para ele, não se trata do valor de mercado de cada exemplar, mas de sua importância para a humanidade.

Depois de tantos anos de amor aos livros e à literatura, em que, além de leitor, foi amigo de grandes escritores brasileiros do século XX, como Carlos Drummond de Andrade, Guimarães Rosa, Pedro Nava e Guilherme de Almeida, o que tem para nos contar sobre os exemplares que povoam suas estantes, cada qual carregando uma lembrança? Em No mundo dos livros, enquanto expõe sua visão profunda sobre a importância da leitura e sua análise apaixonada de clássicos que lhe marcaram a vida, Mindlin ensina algo que não pode ser aprendido na escola. Aprendemos com ele que o amor pelos livros e pela literatura se constrói pelo exercício de escolher o que se lê e como se lê, criando uma outra biblioteca, que não é física, mas interior, construída pela relação afetiva com títulos, personagens, autores. No mundo dos livros é um presente de Mindlin ao leitor: ele abre as portas de sua biblioteca íntima e convida cada um a criar a sua."


Sou muito fã de José Mindlin, já fiz vários posts sobre ele. Há muito tempo quero ler "Uma vida entre livros", mas sempre acho muito caro para comprar. Esses dias, achei esse (No mundo dos livros) em promoção e resolvi comprar. É um livro bem curtinho, 103 páginas, mas uma delícia de ler. Li num instante, numa manhã em que esperava minha filha acordar. Está dividido em seis curtos capítulos: A importância da leitura, Mundo da leitura, Algumas obras de não-ficção, Começo da biblioteca, Garimpagem e Leitura variada.

Foi muito bom eu ter lido esse livro logo após "Frenesi Polissilábico" pois um complementou o outro. Mindlin também fala sobre a "obrigatoriedade" da leitura de livros ditos "sérios": "Reconheço e proclamo a importância dos livros chamados "sérios", mas sua leitura não deve ser considerada uma obrigação. (...) A seleção vem com o tempo; o importante é que as pessoas adquiram o hábito da leitura."

Ele escreve de uma forma tão descontraída que parece mais um bate-papo com o leitor. O segundo capítulo é sobre como descobriu o mundo da leitura, os primeiros livros que leu, como despertar o interesse nas pessoas pelos livros..."De um modo geral, a característica de um livro que atraia os que estão se iniciando é que, com seu conteúdo, ele prenda a atenção do leitor e lhe dê prazer." (novamente semelhante à opinião de Hornby em Frenesi).

O capítulo sobre como ele iniciou a sua maravilhosa biblioteca é muito interessante; começou a frequentar sebos em São Paulo com 13 anos, comprando primeiramente livros que o atraíam como leitor, sem a intenção de formar uma biblioteca. Em "Leituras Variadas" fala sobre livros que leu e que marcaram sua vida; é uma lista bem variada, desde os gregos até literatura brasileira. E termina o livro assim:

"Espero que esta prosa tenha interessado tanto a você, leitor 'privilegiado', que já faz parte do mundo da leitura, como também tenha agradado a você, caro leitor iniciante, que ainda não teve a oportunidade de penetrar no mundo encantado dos livros e da leitura, que, como já disse, é vasto, mas encantado: um mundo de sabedoria, de prazer e de liberdade. Espero que nos encontremos lá, em outra conversa."

Sobre o autor:
 
José Ephim Mindlin nasceu em São Paulo, em 1914. Formou-se em direito pela Universidade de São Paulo e chegou a trabalhar num escritório que tinha entre seus clientes o escritor Monteiro Lobato e o historiador Caio Prado Jr., na época acusados de comunistas. Trabalhou ainda como jornalista no Estado de S. Paulo e montou a Metal Leve, que se tornou uma das maiores empresas no setor de peças automotivas no Brasil. Durante todo esse tempo, dedicou-se a sua maior paixão: os livros.


Foi eleito em 1999 para a Academia Paulista de Letras e em 2006 para a Academia Brasileira de Letras, onde ocupou a cadeira número 29. Publicou Reinações de José Mindlin e Uma vida entre livros .
 
Achei um video de José Mindlin falando um pouco sobre sua paixão por livros, sua vida, seu casamento e a criação da Biblioteca Brasiliana, doada à USP. Que coisa mais linda  esse desprendimento que ele teve ao doar uma coleção iniciada em 1927...sobre isso, ele diz: "A gente passa, os livros ficam."
 
 
(Fonte da pesquisa: site http://www.nomundodoslivros.com.br/)

16 comentários:

  1. oLÁ!
    Eu nunca li nada de José Mindlin, é uma pena. Achei o video maravilhoso . Você tem um gosto literário bem peculiar, diferente da maioria. Parabéns.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi, Hérida
    Leia esse livro, é curtinho e muito gostoso de ler. Obrigada pelo elogio; eu já havia percebido que leio muita coisa diferente da maioria..rs..gosto de lançamentos, mas gosto tb de ler livros não muito badalados...bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi Lia, sempre gosto dos posts sobre o Sr. José, sempre tem alguma coisa não dita...Bjinho!!

    ResponderExcluir
  4. Esse livro dever ser maravilhoso, como todos do Mindlin. eu tenho "Uma vida entre livros", comprei em uma promoção, mas não me lembro onde. É fabuloso. Agora fiquei interessada nesse que você comentou. Adoro livro sobre livros. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Não li ainda José Mindlin, porque fiquei diracionado as leituras técnicas em arte, eletricidade e tecnologia. Gostei muito do vídeo, irei pricurar pelos ecritos dele.
    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Oi, Cecilia
    Ainda compro "Uma vida entre livros", pagando caro mesmo..rs..
    Eu tb adoro livro sobre livros e sobre leitura..bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi, Cris
    É verdade, tem muita história para contar..bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá, lucidreira
    Vale a pena a leitura, é muito bom.

    ResponderExcluir
  9. Adorei o post! Nunca li nada do autor mas suas palavras me instigaram a ler!Adoro conhecer histórias de pessoas que amam os livros e que incentivam as outras pessoas a amá-los. O mundo precisa de pessoas assim, pessoas que amam a Literatura e que querem compartilhar esse amor. Sou da mesma opinião de Mindlin: não importa se você lê os clássicos ou os best-sellers da atualidade e sim o quanto você gosta de ler e o quanto isso afeta sua vida. A seleção e a predileção pelos clássicos e autores considerados 'difíceis' vem com o tempo e o amadurecimento!^^Obs.:Adoro seu blog!

    ResponderExcluir
  10. Oi, Mu
    Muito obrigada pelo elogio...seja sempre muito bem vinda...
    Eu sou muito suspeita para falar sobre José Mindlin pq sou sua fã número 1...acho muito linda a dedicação que teve durante sua longa vida pelos livros. É um exemplo a ser seguido por todos! Bjs

    ResponderExcluir
  11. Lia, eu disse pra você que eu sou seu fã né ?

    Se eu pudesse voltar no tempo, uma pessoa que eu adoraria conhecer e conviver é com o Mindlin, imagine quantas histórias esse homem não tem pra contar ???
    Eu tenho esse livro e mais alguns dele, e os leio principalmente quando me sinto desanimado no meio livreiro que eu trabalho, ele é uma injeção de amor aos livros.
    Te indico o livro dele chamado Uma vida entre Livros (Reencontros com o tempo) da Ed.Edusp/Cia das Letras.
    Nele Mindlin conta suas peripécias e aventuras para juntar seus livros, percebendo aos poucos a importância histórica de cada exemplar, de cada edição, como raridades e obras de exemplares singulares.
    Imperdível !!!
    Beijos Lia

    ResponderExcluir
  12. Já faz um tempo que estou atrás de um exemplar desse livro! É difícil de achar, infelizmente!!! Acho que todo mundo que tem amor aos livros precisa conhecer a história desse homem!
    Adorei a resenha!!!!
    Um grande beijo
    Camila

    ResponderExcluir
  13. Eh, Marcello...assim fico sem graça..rs..
    Seria demais mesmo conviver com ele. E esse livro que vc falou, sou louca para comprar, mas sempre acho caro demais...bjs

    Oi, Camila
    Comprei no Submarino, mas tem tb na Livraria da Travessa por R$ 23,64, nas Americanas por R$ 24,90 e na Saraiva por R$ 29,00. Vale a pena..
    E obrigada pelo elogio..bjs

    ResponderExcluir
  14. Poxa, fiquei curiosa....
    To querendo fazer uma Pós-Graduação em FORMAÇÃO DE LEITORES...O que voce acha ? Conhece ?
    Sou compulsiva com livros..

    ResponderExcluir
  15. Ainda lerei os livro desse autor e brasileiro fenomenal. Um exemplo de brasileiro e leitor.

    Bjjs.

    ResponderExcluir
  16. Oi, Dominique
    Um exemplo e tanto..se existissem mais como ele no Brasil seria tão bom..bjs

    ResponderExcluir

Adoro ler comentários...na medida do possível, responderei aqui mesmo