quinta-feira, 27 de maio de 2010

A Elegância do Ouriço - trailer do filme


O livro A Elegância do Ouriço foi um dos melhores livros que já li. Não vou fazer uma resenha, pois faz tempo que o li. Descobri ontem que foi feito um filme baseado no livro e pelo trailer, parece ser tão bom quanto o livro.

Sinopse do livro:

"À primeira vista, não se nota grande movimento no número 7 da Rue de Grenelle: o endereço é chique, e os moradores são gente rica e tradicional. Para ingressar no prédio e poder conhecer seus personagens, com suas manias e segredos, será preciso infiltrar um agente ou uma agente ou - por que não? - duas agentes. É justamente o que faz Muriel Barbery em A elegância do ouriço, seu segundo romance.

Para começar, dando voz a Renée, que parece ser a zeladora por excelência: baixota, ranzinza e sempre pronta a bater a porta na cara de alguém. Na verdade, uma observadora refinada, ora terna, ora ácida, e um personagem complexo, que apaga as pegadas para que ninguém adivinhe o que guarda na toca: um amor extremado às letras e às artes, sem as nódoas de classe e de esnobismo que mancham o perfil dos seus muitos patrões.

E ainda há Paloma, a caçula da família Josse. O pai é um figurão da política, a mãe dondoca tem doutorado em letras, a irmã mais velha jura que é filósofa, mas Paloma conhece bem demais o verso e o reverso da vida familiar para engolir a história oficial. Tanto que se impõe um desafio terrível: ou descobre algum sentido para a vida, ou comete suicídio (seguido de incêndio) no seu aniversário de treze anos. Enquanto a data não chega, mantém duas séries de anotações pessoais e filosóficas: os Pensamentos profundos e o Diário do movimento do mundo, crônicas de suas experiências íntimas e também da vida no prédio.

As vozes da garota e da zeladora, primeiro paralelas, depois entrelaçadas, vão desenhando uma espiral em que se misturam argumentos filosóficos, instantes de revelação estética, birras de classe e maldades adolescentes, poemas orientais e filmes blockbuster. As duas filósofas, Renée e Paloma, estão inteiramente entregues a esse ímpeto satírico e devastador, quando chega de mudança o bem-humorado Kakuro Ozu, senhor japonês com nome de cineasta que, sem alarde, saberá salvá-las tanto da mediocridade geral como dos próprios espinhos." (retirado do site da Companhia das Letras)





Esse livro possui uma sensilibilidade, uma leveza...apesar de parecer um pouco pesado, filosófico demais, não é. Eu emprestei o meu para uma amiga que mora em outra cidade, mas estou querendo pedir de volta...rs...é um ótimo livro para ler e reler sempre. O título é bem curioso e o porquê dele está explicado neste trecho: “A sra. Michel tem a elegância do ouriço: por fora, é crivada de espinhos, uma verdadeira fortaleza, mas tenho a intuição de que dentro é tão simplesmente requintada quanto os ouriços, que são uns bichinhos indolentes, ferozmente solitários e terrivelmente elegantes”.

22 comentários:

  1. Já tinha ouvido falar nesse livro Lia...deve ser muito bom...já está na minha lista...aliás minha lista cresce a cada dia...falta é numerário para tantos que quero...beijos.

    ResponderExcluir
  2. Eu adorei ter lido este livro, Lia.

    Quando comecei, senti a mesma leveza de "Vinho de Amoras", da Joanne Harris. Já leu este?

    Bom, sua resenha me fez querer relê-lo, sabia? rs

    Um abraço pra ti e bom fim de semana.

    Ah, estou te seguindo no Twitter, tá?

    ResponderExcluir
  3. Oi, Stella
    Não conheço esse, vou anotar a dica. Eu tb estou querendo relê-lo; só preciso pegar o meu de volta..Bom fim de semana para vc tb!

    ResponderExcluir
  4. É ótimo, viu Glorinha...vale a pena mesmo. A minha lista já está no infinito de tão grande...rs..bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi Lia.
    Pode assistir o filme por dois motivos :
    1)O filme é francês, logo Hollywood não manchou o roteiro com suas mãos capitalistas
    2)O Livro é um dos melhores da década
    Sei que meu discurso ficou meio que anti-americano demais, mas quando se trata de adaptações Hollywood sucks!!!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Marcello
    Vc tem razão...é difícil uma adaptação de um livro bom por algum diretor europeu ficar ruim...ainda mais francês...amo o cinema francês! Bjs

    ResponderExcluir
  7. Ei Lia,

    Eu amei este livro, é uma pena que na época em que li não tinha blog e agora não saberia resenhar sem reler.

    Tem trechos lindos e uma sensibilidade. Adorei a dica, não sabia que existia o filme.

    bj

    ResponderExcluir
  8. Oi querida!
    Adore a dica...
    E sobre o selinho do comente mais, faça um post ou coloque o selo fixo no blog, é mais um movimento entre as blogueiras para angariar mais comentários...

    Bjokas

    ResponderExcluir
  9. Oi, Nanda
    Eu tb não, por isso só coloquei a sinopse...é um livro que tem que ser lido aos poucos, para aproveitar bem. Bjs

    Oi, Mirelli
    Vou aderir, gostei muito da ideia..bjs

    ResponderExcluir
  10. Super legal saber que Elegância virou filme. É um dos melhores livros que já li até hoje.


    beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oi, Monique
    Legal mesmo..estou ansiosa para assisti-lo..bjs

    ResponderExcluir
  12. Olá Lia, estou conhecendo seu Blog agora. Estou adorando! O que me chamou atenção foram os comentários sobre o livro "A Elegância do Ouriço", eu estou lendo e estou fascinada pela narrativa e pela forma como a autora aborda temas tão complexos e ao mesmo tempo tão presentes no nosso cotidiano de uma forma tão leve e inteligente. Espero visitar seu Blog muitas vezes.
    Parabéns pelo espaço e pela iniciativa!

    ResponderExcluir
  13. Oi, Daniele
    Seja muito bem vinda e volte sempre..eu sou muito suspeita para falar sobre esse livro..eh um dos meus favoritos. Ainda nao vi o filme, tenho gravado mas ainda nao tive tempo para assistir. Espero que seja tao bom quanto o livro...bjs

    ResponderExcluir
  14. Olha só como o mundo é pequeno, Meu irmão Marcello me deu este filme para assistir hoje, e procurando sobre ele, a primeira coisa que me saltou aos olhos foi o seu blog... O Marcello dos comentários aí em cima rsrsr
    Então celebro este momento, que me trouxe até aqui, através de um filme maravilhoso.
    Agora falta o livro! O que eu mais gostei mesmo? A música.

    Espero você para um café no meu Quintal.

    bjs

    ResponderExcluir
  15. Oi, Paula
    Leia o livro...eh maravilhoso..bom receber sua visita!Bjs

    ResponderExcluir
  16. Boa tarde, como conseguiram assistir ao filme Le Herisson?
    Não achei em nenhuma locadora ou livraria...

    Cintia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cintia
      Eu baixei o filme; não sei se chegou aí no Brasil, sei que na Amazon tem para vender.

      Excluir
  17. Eu só li agora, mas ainda estou vivendo no número 7, Rue de Grenelle. Renée, Paloma e o gato Leon não me saem do pensamento, nem tampouco do coração. Sumara Ancona Lopes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sumara, veja o filme; é bom tb! Bjs

      Excluir
  18. Que bom, justamente o que eu precisava pra "desempacar" minha leitura. Nao sei bem pq, mas travei ainda no inicinho, antes do sr. kakuro chegar. Agora, depois deste post lindo vou deslanchar, certeza. Obrigada!

    ResponderExcluir
  19. O filme já existe no Brasil. Eu amei o livro.

    ResponderExcluir

Adoro ler comentários...na medida do possível, responderei aqui mesmo