sábado, 20 de março de 2010

Divas Abandonadas - Teté Ribeiro

Sinopse: "Que mulher nunca sonhou em ser uma diva? Beleza, sucesso, dinheiro – parece a receita da felicidade para qualquer pessoa.

Segundo a empresária Costanza Pascolato no prefácio do livro Divas Abandonadas, da jornalista Teté Ribeiro, "a vida parece mais fácil para as mulheres bonitas. Elas têm mais namorados, mais gente em volta, mais fãs. Mas isso não quer dizer que são mais felizes que as outras mulheres". As divas também sofrem por amor. E como quase tudo em suas vidas, fazem isso com muita intensidade.
Nos dias de hoje, cada detalhe da vida das mulheres lindas, ricas e famosas são acompanhadas segundo a segundo. Mas nos meados do século XX, o culto às celebridades já existia, mas a tecnologia era menos avançada, não havia sites de fofoca em tempo real e as câmeras fotográficas ainda não tinham sido embutidas em qualquer aparelho eletrônico. A intimidade dessas mulheres era um mistério, como se elas existissem em um universo paralelo, inatingível para meros mortais.

Teté Ribeiro surpreende ao revelar a vida e os amores de 7 entre as maiores divas do século XX: Jacqueline Kennedy Onassis, Maria Callas, Marilyn Monroe, Ingrid Bergman, Sylvia Plath, Tina Turner e Lady Di. O livro revela um trabalho de muita pesquisa e muito jogo de cintura por parte da autora, conhecida por seu texto leve, agradável e cheio de informações. Quando você começa a descobrir os segredos desses grandes ícones do século XX, é impossível largar o livro antes de devorá-lo.

Como todas nós, elas queriam ser amadas. Só que o príncipe encontrado nos filmes e na vida real, como no caso de Diana, era quase sempre um sapo visto pela lente míope de uma mulher apaixonada."

Amei esse livro...li em um dia só, não conseguia largá-lo. Adoro biografias e histórias sobre a vida de divas, mulheres que nos fascinam há gerações são melhores ainda. As que mais gostei foram: Lady Di, Sylvia Plath e Tina Turner.
Primeiramente, Lady Di porque foi a única que pude acompanhar um pouco da história. Lembro que quando era adolescente, sempre procurava notícias sobre ela no jornal e quase sempre saía alguma, nem que fosse uma notinha pequena. Apesar de toda uma vida de luxo e glamour, nunca foi feliz.

Quanto à Sylvia Plath, comecei a me interessar por sua vida e obra quando assisti o filme "Sylvia",com Gwneth Paltrow ótima no papel da poetisa. A escritora também sofreu horrores e acabou se matando com apenas 31 anos.

Já a história de Tina Turner, apesar de ser bem triste também, é bonita pelo exemplo de superação e a volta por cima que ela deu, alcançando enorme sucesso.

As  histórias de Jackie O. e Marilyn Monroe não achei muito precisas. A autora diz que Jackie perdoava as inúmeras traições de JFK porque o amava; na verdade, ela também o traía e muito...e havia muito interesse em permanecer uma primeira-dama. Ela diz também que Marilyn e JFK só passaram juntos uma noite e que a atriz não teve um caso com Bobby Kennedy, irmão de JFK. O livro "Marilyn e JFK, de François Forestier, narra detalhadamente o romance da atriz com os irmãos Kennedy e desmitifica um pouco Jackie O.

Apesar de parecer um livro triste, pois quase todas as divas tiveram final infeliz, vale a pena lê-lo para saber, definitivamente, que não é dinheiro, nem luxo, nem fama que trará felicidade.

5 comentários:

  1. Esse livro parece ser bastante interessante. Geralmente, pensamos que por terem vidas glamourosas, possuem felicidade no amor... quanto mentira. São as que mais tem dificuldade em encontrar uma pessoa para amar...

    Bjjjs, ótima resenha.

    ResponderExcluir
  2. Concordo com vc sobre a dinheiro e a fama, as pessoas acham que se tiverem isso seram felizes.

    bjs, desculpa o sumiso

    ResponderExcluir
  3. Hm, parece ser um livro diferente... não sei se faz meu estilo, mas gostei da resenha ^^

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. O livro parece ser muito legal, realmente daqueles impossíveis de se largar...
    Se você quer saber, acho que nós (simples mortais) é que somos felizes... já imaginou se toda vez que você conversasse com alguém saísse na primeira página?? E os foras e micos?? Já pensou o mundo inteiro sabendo?
    Deus nos livre!!

    beijos,
    Dé...

    ResponderExcluir
  5. Oi, Dominique
    Obrigada pelos elogios

    Oi, Luana
    Seja bem vinda de volta..rs

    Oi, Fernanda
    É diferente mas muito interessante

    Débora
    Sabe que vc tem razão? Eles não tem paz nunca, né?

    Bjs a todas

    ResponderExcluir

Adoro ler comentários...na medida do possível, responderei aqui mesmo