sábado, 31 de outubro de 2009

O Nome da Rosa - filme



Estou cursando a disciplina de Literatura Portuguesa - Poesia e a professora que está ministrando o curso tem feito algo que achei bem interessante: indica filmes, pintores, escultores, compositores relacionados com a época estudada. Por exemplo, ao estudarmos o Trovadorismo, indicou filmes como Tristão e Isolda, Lancelot, Cruzada e  O Nome da Rosa para termos uma idéia como era a época medieval. Tenho tido muita dificuldade para encontrar todos os filmes nas locadoras da minha cidade; como gostei muito do livro e do filme "O Nome da Rosa" acabei comprando o filme. Gostei muito de revê-lo, Sean Connery ótimo como sempre e um Christian Slater muito bebê...
O que achei mais interessante foi quando o irmão William (Sean Connery) e seu ajudante (Christian Slater) conseguem entrar na biblioteca do mosteiro que permitia apenas a entrada de um ou dois monges. William fica maravilhado com a quantidade e a importãncia dos livros que estão contemplando e explica ao seu ajudante o porquê do acesso aos livros só era permitido a algumas pessoas do clero : "é porque eles (os livros) possuem uma sabedoria diferente e ideias que podiam fazer os homens duvidar da infabilidade da palavra de Deus e a dúvida é inimiga da fé." Muito bonito ver o amor que esse personagem, apesar de ser do clero, tinha pelos livros e pelo conhecimento de modo geral.
Outras indicações:
Romantismo - filmes como "Os Miseráveis", "Orgulho e Preconceito", "O Corcunda de Notre Dame". Músicas de Chopin, Beethoven, Schubert, Wagner, Debussy. Artes Plásticas: Goya, Delacroix, Turner, Rodin.
Realismo - "Madame Bovary" e "O Germinal".

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Promoção "Precio te contar uma coisa" - Lost in Chick-Lit





O blog Lost in chick-lit está sorteando o livro "Preciso te contar uma coisa" de Melissa Hill. Quem quiser saber as regras e participar é só clicar aqui.

Antes de Morrer - Jenny Downham


Sinopse: Tessa é uma menina de 16 anos que tem uma doença incurável. Diante de seu imutável destino, ela organiza uma lista com o que gostaria de fazer antes de sua morte e parte em busca de realizá-la: se apaixonar, ter a primeira relação sexual, dirigir escondida, roubar coisas numa loja... viver o tempo que resta. Um tema doloroso, passado com leveza e doçura, em um texto verdadeiro e tocante, sem ser piegas.
Comecei ler esse livros no final da tarde de ontem e com algumas pausas, li até terminá-lo, uma da manhã. Que livro!! Nem preciso dizer que chorei nas últimas 100 páginas e fui dormir chorando...envolvente, emocionante, impactante...as vezes dá raiva de algumas coisas que Tessa faz sem pensar se estará magoando sua família, as vezes dá para imaginar o porquê de algumas atitudes...mas, acima de tudo, ela nos passa uma imensa vontade de viver e se agarra à vida com tanta força nos últimos momentos...esse livro me marcou muito, adorei!

Desafio Literário 2010.


Tomei conhecimento através do blog Leitura Nossa de Cada Dia do Desafio Literário 2010 lançado pelo  Romance Gracinha


O Desafio Literário 2010 (By RG) visa:

1) Incentivar a leitura. Isso mesmo! Porque o desafio é ler 12 livros em 12 meses, ou seja, um livro para cada mês do ano. Ao final do ano, a leitura de 12 livros já está garantida. Sei que muitas de vocês podem quadruplicar essa lista em dias. Mas, enfim, o desafio que proponho é mais comedido nesse sentido.

2) Promover o conhecimento de novos autores e livros pouco conhecidos bem como congraçar os leitores convertidos em blogueiros e leitores sem blog também. Um ano de confubação de leituras em clima de unidade, não é uma boa?

3) Fazer com que nos lembremos dos livros soterrados nas pilhas que temos em casa e que cresce progressivamente a cada ano.

O desafio Literário consiste em cumprir a agenda abaixo (vou colocar os livros da minha lista logo abaixo da descrição do mês).
Janeiro – Para facilitar a vida de todas, leituras rápidas para o primeiro mês do ano. O desafio é ler um livro da Nova Cultural ou da Harlequin. Vale qualquer segmento, Clássico Históricos, Momentos Íntimos, Júlia, Sabrina, etc…Tenho certeza que você tem um livro na pilha esperando para ser lido. Portanto não há desculpas.

Ainda não escolhi os livros, pois não tenho conheço livros desse gênero..se quiserem dar dicas, aceito.


Fevereiro – Um livro que nos remeta aos contos de fada. È baba! Nem tudo é inovação. Há muitas histórias baseadas nos contos de fadas. Patinho Feio, A bela e a fera, Cinderela…

Livro escolhido: Alice - Edição Comentada - As Aventuras de Alice no País das Maravilhas & Através do Espelho - Lewis Carroll
Livro reserva: O Mágico de Oz - L. Frank Baum

Março – Um clássico da Literatura universal. Só vale aquele que você nunca leu na vida. Sabe aquela coleção em destaque na estante que está lá só para fazer bonito? È lá que você vai pescar esse.

Livro escolhido: Mulherzinhas - Louisa May Alcott
Livro reserva: Odisséia - Homero


Abril – Um livro de escritor(a)Latino-Americano. Leitura inédita só para lembrar!
Livro escolhido: Confesso que vivi - Pablo Neruda
Livro reserva: Elogio da Madrasta - Mario Vargas Llosa

Maio – Para aliviar, vai aí um Chick-lit. O mar está para peixe no que diz respeito ao gênero.
Livro escolhido: Lembra de Mim? - Sophia Kinsella
Livro reserva: Preciso te contar uma coisa - Melissa Hill

Junho – Um livro de uma escritora brasileira.
Livro escolhido: Invenção e Memória - Lygia Fagundes Telles
Livro reserva - A Hora da Estrela - Clarice Lispector

Julho – Um livro adaptado para o cinema. O que mais há ultimamente!
Livro escolhido: Em seu lugar - Jennifer Weiner
Livro reserva: A Mulher do Viajante no Tempo - Audrey Niffenegger


Agosto – Um romance policial. Vale os autores mais clássicos ou autores do romance “romântico” policial.
Livro escolhido: A Rainha do Castelo de Ar - Stieg Larsson
Livro reserva:  O Silêncio dos Inocentes - Thomas Harris

Setembro – Um romance histórico. Cá entre nós, esse gênero é o queridinho de muitas!
Livro escolhido: O Bobo da Rainha - Philippa Gregory
Livro reserva: Mundo Sem Fim - Ken Follet

Outubro – Um livro que contenha uma lição de vida. Pode ser ficção ou não-ficção. Viu como facilitei?
Livro escolhido: A Guerra de Clara - Clara Kramer
Livro reserva: Uma Vida Extraordinária - Memórias de Diana Athill - Diana Athill

Novembro – Um livro de escritor(a) de Portugal. Com a aproximação ortográfica porque não uma aproximação literária?
Livro escolhido: Livro do Desassossego - Fernando Pessoa
Livro reserva: As intermitências da Morte - José Saramago


Dezembro – Um livro (ficção ou não ficção) que tenha a palavra “Coração” no título.
Livro escolhido: Coração Valoroso - Marianne Pearl
Livro reserva: Coração de Tinta - Cornelia Funke

Mais informações no Blog Romance Gracinha.

Carimbo "Ex Libris"

Afinal, consegui fazer o meu carimbo para colocar nos livros. Já havia postado aqui sobre um site espanhol que fazia lindos carimbos. De tanto procurar, acabei achando esse site Gê Arte, da fofa Georgia, um amor de pessoa. Ela tem lindos carimbos e também faz personalizado, como o meu:








Este livro foi a inspiração para o carimbo, que quer dizer "da biblioteca de"

Agora é só ter tempo para sair carimbando meus livros e deixá-los personalizados!

PS. As fotos estão meio embaçadas, não consegui tirar bem de perto sem ficar assim, mas dá para ter uma ideia de como fica.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Dia Nacional do Livro - Promoções Submarino



Comemorando o Dia Nacional do Livro, o Submarino está com frete grátis na compra de dois ou mais livros. Aproveitei que tinha um pedido no carrinho de compras de quatro livros, com desconto progressivo (20% nos quatro), esperando só um dia de frete grátis e fiz meu pedido ( ficou muito barato!!). Livros comprados:

Desculpa se te chamo de amor - Federico Moccia
Um leão chamado Christian - Anthony Bourke & John Rendall
Meu nome é Will: Sexo, Drogas e Shakespeare - Jess Winfield
A filosofia em House - Maria Cristina Porell

Preciso deletar antes de ler essas mensagens de desconto, senão vou a falência...esse vício em livros..não resisto!

Dia Nacional do Livro


Hoje comemora-se o Dia Nacional do Livro. O dia 29 de outubro foi escolhido para ser o “Dia Nacional do Livro” por ser a data de aniversário da fundação da Biblioteca Nacional, que nasceu com a transferência da Real Biblioteca portuguesa para o Brasil. Seu acervo de 60 mil peças, entre livros, manuscritos, mapas, moedas, medalhas, etc., ficava acomodado nas salas do Hospital da Ordem Terceira do Carmo, no Rio de Janeiro. A biblioteca foi transferida em 29 de outubro de 1810 e essa passou a ser a data oficial de sua fundação.
No Brasil, ocorreram três fases relacionadas à edição de livros. A primeira começa com a chegada de Dom João VI, em 1808, que imediatamente criou a imprensa régia e conseqüentemente também um público leitor: de início, na Corte, e depois nas províncias.Um público sedento de obras técnicas (direito, economia, medicina, botânica, filosofia) e  romances e peças dramáticas,  textos populares etc. As tipografias se multiplicaram por todo o império, espelhando a demanda do mercado. E a partir da metade do século XIX, alguns europeus começaram a se instalar no Brasil e a fundar casas editoras. A fase posterior ocorreu com a dificuldade de comunicação entre o Brasil e a Europa, no decorrer da (e também logo após a) Primeira Guerra Mundial. Nesse período, a indústria editorial brasileira se firmou, conseguindo se libertar das amarras do mercado europeu. O escritor de "Sítio do Pica-Pau Amarelo", Monteiro Lobato, traduz o espírito desse tempo, ao dizer: "um país se faz com homens e livros". Já a terceira fase é quando todo o trabalho do filólogo Antônio Houaiss, a partir da década de 60, serve de ponte entre a editoração amadorística e a editoração profissional das casas editoras. A conseqüência lógica são os cursos de editoração gráfica que começam a surgir, nos anos 70, e permanecem até hoje. (Fonte: Site do IBGE)

Vamos comemorar o Dia Nacional do Livro lendo muito!!!

Algumas fotos da maravilhosa Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro:










quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Fernando Pessoa



Estou estudando Fernando Pessoa na faculdade, um poeta que sempre gostei e agora gosto ainda mais.
É considerado por muitos como o maior  poeta português. Nasceu em Lisboa, mas após o falicimento do pai mudou-se para a África do Sul onde passou a infância e parte da adolescência. Regressou a Portugal em 1905, fixando-se em Lisboa, onde iniciou uma intensa atividade literária. Seu primeiro livro publicado foi "Mensagem", em 1934. Faleceu em 1935, com  47 anos. A maior parte de suas obras foi publicada após sua morte.
A produção literária de Fernando Pessoa é riquíssima e redimensionou a cultura portuguesa. Em sua poesia experimental, criou diversas "personalidades literárias", os heterônimos, cada um com seu estilo e personalidade, como Alberto Caeiro, Álvaro de Campos, Ricardo Reis, Bernardo Soares, Alexandre Search, etc. Também assina poesias com seu próprio nome, Fernando Pessoa "ele mesmo" - poesia ortônima.
Alguns trechos de poesias que gosto:

"O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente" (Autopsicografia - Fernando Pessoa)

"Valeu a pena? Tudo vale a pena
se a alma não é pequena." (Mar português - Alberto Caeiro)

"Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo." (Tabacaria - Álvaro de Campos)

Legal essa estátua em um café em Lisboa:



terça-feira, 20 de outubro de 2009

Charlie e Lola, a peça


Fui assistir com minha filha no Teatro das Artes (Shopping Eldorado), em São Paulo, o espetáculo "Charlie e Lola, a peça". Foi trazida para o Brasil por Luciano Huck e Angélica, que passando as férias com os filhos em Londres assistiram a peça  e se apaixonaram. "Charlie e Lola  é um desenho  baseado nos premiados livros da inglesa Lauren Child, produzido pela BBC e transmitido no Brasil pelo canal  Discovery Kids. Na história, a pequena Lola, de cinco anos, tem de arrumar seu quarto, mas se distrai com monstros, confusões e um amigo que só existe na sua cabeça, chamado Soren Lorenson, que aparece em versão cinzenta para separá-lo do "mundo real". O paciente Charlie, o irmão de sete anos, é escalado para garantir o cumprimento da tarefa. Como no desenho, nenhum adulto aparece em cena. Os bonecos foram criados como são no desenho, em 2D.
Como eu adoro esse desenho, nem precisa dizer que amei a peça..minha filha então...dava gosto ver o rostinho dela assistindo! Vai até dia 01/11, sábado e domingo, as 11 e 16 horas.
 Consegui tirar uma foto no início da peça e como sempre, levei bronca...(já havia levado uma no espetáculo "A Bela e a Fera" quando estava tirando uma foto da minha filha dentro do teatro..)








 Os livros também são uma graça, minha filha tem dois:





segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Livros lidos

Fiquei um tempo sem postar regularmente e neste período terminei de ler alguns livros e li outros:



De volta para casa - John Grogan - O autor de "Marley e eu" conta sua história de vida muito antes de conhecer seu cachorro travesso. Narra sua infância, seu difícil relacionamento com os pais e a emocionante reconciliação com o pai doente. Gostei muito, o final é muito triste.






Pequeno Dicionário de Moda - Christian Dior - É um livro antigo, escrito pelo estilista em 1954, mas contém dicas que nunca saem de moda, tais como: "Simplicidade, bom gosto e elegância são os três fundamentos do vestir-se bem e não custam dinheiro." " A elegância deve ser a combinação certa de discrição, naturalidade, cuidado e simplicidade. Fora isso, acredite, não há elegância. Apenas ostentação." "Como tudo na moda, a questão de gosto é mais importante do que dinheiro."




Uma aprendizagem ou o Livro dos Prazeres - Clarice Lispector - "um ponto de vista feminino a respeito da vida. Lóri, na verdade, é a personagem central, enquanto Ulisses ocupa um papel secundário, mero referencial para os pensamentos e atitudes de Lóri. O livro conta, acima de tudo, a viagem empreendida por Lóri em busca de si própria e do prazer sem culpa. Uma viagem na qual Ulisses funciona como um farol, indicando onde estão os perigos e o caminho correto para a aprendizagem do amor e da vida. " Quem me acompanha aqui no blog sabe que sou apaixonada pela obra de Clarice Lispector e amei esse livro.



A sociedade literária e a torta de casca de banana - Mary Ann Shaffer & Annie Barrows - O título conta a história de Juliet Ashton, uma escritora em busca de um tema para seu próximo livro. Ela acaba encontrando-o na carta de um desconhecido de Guernsey, Dawsey Adams, que entra em contato com a jornalista para fazer uma consulta bibliográfica. Começa aí uma intensa troca de cartas a partir da qual é possível identificar o gosto literário de cada um e o impacto transformador que a guerra teve na vida de todos. As correspondências despertam o interesse de Juliet sobre a distante localidade e narram o envolvimento dos moradores no clube de leituras – a Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata –, além de servirem de ponto de partida para o próximo livro da escritora britânica. Lindo, lindo, lindo!! Li esse livro no feriado, de uma vez só! Muito emocionante e envolvente.

O Pequeno Príncipe em CD



Muita gente tem preconceito com o livro "O Pequeno Príncipe" do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry; eu adoro...não canso de ler, já tentei ler para minha filha mas acho que ela é muito pequena ainda, não se interessou muito porque não tem muitas figuras. Esses dias, baixei o Cd do livro, narrado pelo grande Paulo Autran e com trilha sonora de Antonio Carlos Jobim. Achei muito bonito, é bem diferente ler um livro, mas é gostoso também ouvi-lo.
E para quem adora o Pequeno Príncipe tanto quanto eu, começa dia 22/10 (e vai até 20/12), a exposição " O Pequeno Príncipe na Oca", no Parque do Ibirapuera. Com organização de François d'Agay, sobrinho de Antoine de Saint-Exupéry, e da escritora Sheila Dryzun, a exposição "O Pequeno Príncipe na Oca" procurará reproduzir o planeta do garoto. A exposição faz parte das comemorações do Ano da França no Brasil e terá montagem de Daniela Thomas e Felipe Tassara. Além de prestar uma homenagem ao autor francês Antoine de Saint-Exupéry, o evento destaca a importância do personagem infantojuvenil ao longo das décadas. (Fonte : Suplemento Infantil Folhinha - Folha de São Paulo de 17/10/09)


            "Toda pessoa grande foi criança um dia... Mas poucas de lembram disso"

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Resultado do sorteio do livro "Os Segredos das Mulheres Francesas"



Mil perdões a todos que participaram do sorteio... estou atrasada uns 15 dias na publicação da vencedora...desculpem novamente. E a vencedora foi:

RANDOM.ORG Integer Widget: "True Random Number Generator

Min: 1
Max: 224
Result:
136
Powered by RANDOM.ORG"


número 136 - Jandra Rivera. Parabéns! Já enviei um e-mail mas caso você leia aqui, mande seu endereço, mandarei um brinde surpresa para compensar a demora.
Logo sortearei outro livro...fiquem espertas!!