quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Lançamentos Companhia das Letras

Recebi um email com os lançamentos do mês de dezembro da editora Companhia das Letras. Os que achei interessantes foram esses:


Fazendo as Malas - Danuza Leão
Gosto muito do estilo de escrita da Danuza (que intimidade...).

Quando Danuza Leão faz as malas, é o leitor que pode se aprontar para uma boa viagem. Foi assim em seu último livro, o best-seller Fazendo as malas. Não será diferente agora, neste giro por quatro das cidades mais elegantes do mundo.


O primeiro destino é São Paulo. Ali Danuza vai fundo na rota do luxo e do moderno, e ainda arruma tempo para desfrutar uma verdadeira madrugada paulistana, entre festas e casas noturnas povoadas pelas muitas tribos da cidade. Atenta às tendências, ela transforma este relato de viagem numa saborosa crônica de costumes, que seus leitores saberão reconhecer.

O mesmo ela fará em Buenos Aires e em Berlim, as duas próximas paradas do roteiro. Na primeira, um vislumbre da cultura portenha, que passa por cafés, casas de dança, livrarias e cemitérios. Já em Berlim, encontra uma cidade em ritmo de transformação, onde o impacto da queda do Muro se faz ver na moda e na noite, uma das mais concorridas da Europa.

A viagem termina em Londres, cidade referência em moda e consumo, e um dos grandes centros cosmopolitas do mundo. Ao final, um pequeno guia oferece informações sobre os lugares citados.

Morri de vontade de visitar os lugares que ela recomenda no livro anterior e acho que neste não será diferente.


Sangue de Tinta - Cornelia Funke
É a continuação do livro Coração de Tinta, que coloquei no Desafio Literário.


Sangue de tinta dá seguimento à aventura de Meggie e seu pai, Mo, um encadernador de livros que tem o estranho dom de dar vida às palavras dos livros que lê em voz alta, fazendo seres das histórias surgirem à sua frente como que por mágica. No primeiro volume da trilogia Mundo de Tinta, a língua encantada de Mo traz à vida alguns personagens de um livro chamado Coração de tinta, e acaba mandando para dentro da trama a mãe da menina.


Agora, neste segundo episódio, Meggie dá um jeito de entrar ela mesma no mundo fictício de Coração de tinta, onde tem o prazer de encontrar fadas, príncipes e saltimbancos que dançam com o fogo; e o sofrimento de acompanhar as artimanhas de vilões cruéis e sem misericórdia. Uma jornada sombria, repleta de fantasia e aventura.

Estou louca para ler Coração de Tinta e suas continuações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoro ler comentários...na medida do possível, responderei aqui mesmo