segunda-feira, 27 de julho de 2009

Como tudo começou..


Gosto de ler desde que me entendo por gente. A lembrança mais antiga que tenho de um livro que li foi com oito ou nove anos. Não lembro do nome do livro; só sei que era uma estória sobre uma nuvenzinha. Maior um pouco, li "Reinações de Narizinho" e me apaixonei pelo Sítio do Pica Pau Amarelo. Li toda a coleção infantil de Monteiro Lobato: Memórias da Emília, Viagem ao Céu, O Poço do Visconde, O Saci, Caçadas de Pedrinho, Gramática e Aritmética da Emília, e muito mais. Na escola, comecei a ler os livros da Coleção Vagalume (alguém lembra? Um Cadáver Ouve Rádio, O Mistério do Cinco Estrelas, A Ilha Perdida, A Montanha Encantada, O Caso da Borboleta Atíria...)Gostava também de Stellla Carr - O Esqueleto atrás da Porta, O Fantástico Homem do Metrô, O Enigma do Autódromo de Interlagos, O Caso do Sabotador de Angra, O Caso da Estranha Fotografia, O Segredo do Museu Imperial...que saudade deu agora!!
Já adolescente, me rendi aos best sellers e li muito Sidney Sheldon. Passei por uma fase de ler livros de terror, li muito do Stephen King (o mais assustador de todos: Cemitério Maldito). Em casa, minha mãe comprava livros da Coleção Para Gostar de Ler e foi então que tive contato com vários escritores brasileiros, como Clarice Lispector, Fernando Sabino, Rubem Braga, Paulo Mendes Campos, Lygia Fagundes Telles, Murilo Rubião, Carlos Drummond de Andrade, etc. Também tinha a coleção do Érico Veríssimo, li quase todos (como amei O Tempo e o Vento e Clarissa...)
No colegial li os clássicos da literatura brasileira, como Machado de Assis, Aluísio de Azevedo, Raul Pompéia...no cursinho, lia todos os livros indicados das listas da Unicamp e da Fuvest. Não via como obrigação, já que adorava ler. Foi a época mais gostosa, adorava as aulas de Literatura...
De lá para cá, muita água rolou...comecei a listar os livros que lia todo ano, cada ano tentando ler um pouco mais. Li muito livro bom e alguns ruins. Tenho os meus favoritos: Clarice Lispector, Mário Quintana, Fernando Pessoa, Lya Luft, Carlos Drummond de Andrade. Adoro "chickLit" (literatura de "mulherzinha", como Bridget Jones, Becky Bloom e similares). Também já li quase todos do Irvin D. Yalom - Quando Nietzsche Chorou, A Cura de Shopenhauer, Mentiras no Divã, O Carrasco do Amor, etc.
Tenho lido também Thrity Umrigar, Äsne Seierstad e Khaled Hosseini.
Sou bem eclética, leio de tudo um pouco, mas sempre estou lendo algo...sou viciada em livros e não quero me curar nunca!

2 comentários:

  1. Sabe Lia, já te falei uma vez, me identifico muito com teu blog (deu pra perceber né?? hehe)... Comecei a ler quando criança também, lembro muito do Pequeno Príncipe e dos livros do Sítio... Como fiz Psicologia li os romances do Irvin D. Yalom também (O Carrasco do amor não li), mas na época da faculdade não dava tempo de ler romances, comecei a lê-los mais depois... Adoro a Thrity, aliás amo romances indianos, amo tudo relacionado à Índia, inclusive faço yoga há alguns anos e amo... Amo chicklit, principalmente depois de um livro mais denso... Enfim gosto de uns melosos também e daqueles orientais mais tristes... Sou eclética também!!!! E por que não ser né????

    ResponderExcluir
  2. Oi, Aliny
    Vi sua lista de livros lidos, li varios que vc leu...eh verdade, eh bom ser ecletica e ler de tudo! Bjs

    ResponderExcluir

Adoro ler comentários...na medida do possível, responderei aqui mesmo